informe o texto

Notícias Região oeste

Polícia Civil prende 6 pessoas por tráfico de drogas na cidade de Nova Lacerda

Seis pessoas envolvidas no comércio de entorpecentes em Nova Lacerda (546 km a oeste de Cuiabá), foram presas pela Polícia Civil, na quinta-feira (07.10). Além das prisões, os policiais civis apreenderam uma arma de fogo, drogas, dinheiro e munições.

A ação está inserida na operação “Ruptura” deflagrada pela Delegacia de Polícia de Comodoro na região, visando coibir o intenso tráfico de drogas que vinha ocorrendo em diversos pontos da cidade de Nova Lacerda.

Os envolvidos, três homens e três mulheres, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo e munições.

Conforme o delegado que coordenou os trabalhos, Ricardo Marque Sarto, há alguns meses foram realizados monitoramentos e outras diligências que resultaram nas coletas de indícios e provas refentes a venda de substâncias ilícitas. As investigações contaram com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Pontes e Lacerda.

Com base nas evidências, a Polícia Civil representou pelos pedidos de buscas e apreensões domiciliares dos endereços alvos das investigações, deferidos pelo juízo da 2ª Vara da Comarca de Comodoro.

“Diante das ordens judiciais decretadas, os policiais civis finalizaram a operação com chave de ouro, realizando o cumprimento de mandados de buscas e apreensões domiciliares nos principais pontos de Nova Lacerda”, destacou o delegado.

Em um das residências situada no bairro São José, foram apreendidas quantidade de maconha e crack, um revólver de calibre 38, seis munições intactas, materiais utilizados para preparar e embalar a droga, mais de R$ 1,1 mil em dinheiro, caderno com anotações sobre o tráfico.

Os homens e as mulheres, uma delas de 37 anos e proprietária da casa e apontada como líder do tráfico de drogas na cidade, foram conduzidos até a Delegacia de Comodoro, interrogados e autuados em flagrante delito. Após a confecção dos autos, os seis presos foram colocados à disposição do Poder Judiciário.

Assessoria | Polícia Civil-MT
 
Sitevip Internet