informe o texto

Notícias Mato Grosso

Mandante e executores de homicídio de idoso investigado pela Polícia Civil são condenados a 20 anos de prisão em MT

A vítima foi morta a golpes de faca, depois de ser rendida em sua chácara, em Várzea Grande

Os criminosos envolvidos no homicídio de Benedito Pio de Siqueira, assassinado em março de 2020, em Várzea Grande, crime investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá foram condenados em Tribunal do Júri realizado na última semana.

Os quatro indiciados no inquérito e denunciados pelo Ministério Público Estadual foram condenados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e participação em organização criminosa. Três deles pegaram 20 anos de reclusão e um a 19 anos de condenação, todos em regime inicialmente fechado.

Crime

O corpo de Benedito Pio, de 71 anos, foi encontrado em uma área de chácaras, próxima ao rio Cuiabá, na manhã do dia 03 de março de 2020. Ele tinha um bar no Jardim das Oliveiras e era morador antigo do bairro de Várzea Grande.

A polícia foi acionada por moradores, quando crianças brincavam de soltar pipas e avistaram o corpo, que estava encoberto por galhos e folhas. A vítima apresentava ferimentos na parte lateral da cabeça. O corpo foi reconhecido por um irmão de Benedito Pio.

Investigação

A equipe do delegado Olímpio da Cunha Fernandes Júnior que um dos condenados, que era “disciplina” de uma facção criminosa, deu ordem para que a vítima, morador antigo do local, fosse morta, pois seria um suposto colaborador da polícia.

Três dos condenados sequestraram a vítima em sua chácara, a torturaram e depois a mataram a golpes de faca, sem que o idoso pudesse ter qualquer defesa.

A investigação identificou ainda a participação de um adolescente no crime, cuja apuração do ato infracional foi remetida à Delegacia Especializada do Adolescente de Várzea Grande.


Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT
 
Sitevip Internet