informe o texto

Notícias Polícia

Polícia Civil e Sema deflagram operação para conservação de reserva extrativista

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) e Gerência de Operações Especiais (GOE), em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Polícia Militar, Funai e Força Nacional deflagrou na última quarta-feira (20.04), a operação Guardiões do Bioma I.

A operação foi deflagrada com foco na preservação da Unidade de Conservação e Reserva Extrativista Guariba Roosevelt, localizada entre os municípios de Colniza e Aripuanã (1.065 km e 1002 km a Noroeste de Cuiabá.

Na operação foram desmobilizados acampamentos voltados para extração de madeira ilegal da reserva e realizada a autuação dos infratores por prática de crime ambiental, além da responsabilização administrativa e penal.

A delegada titular da Dema, Liliane Murata, afirma que o trabalho é mais uma das operações constantes no Plano de Ação do ano de 2022 da Dema realizado em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), juntamente aos demais órgãos parceiros estadual e federal.

“O objetivo da especializada é trabalhar com afinco nas investigações para que o nosso bioma seja preservado, responsabilizando os infratores pela prática do delito ambiental no Estado de Mato Grosso”, disse a delegada.

Reserva Guariba-Rossevelt

A reserva extrativista foi criada em 1996 pelo Decreto 9.521/96 e Lei Estadual 7.164, ampliada pela Lei 8.680/2007.

A Unidade de Conservação está localizada nos municípios de Aripuanã e Colniza, sendo a única reserva extrativista de Mato Grosso e é uma das últimas áreas de extrativismo tradicional no estado, localizada na região noroeste de Mato Grosso e faz parte do Bioma Amazônico.

 
Sitevip Internet