informe o texto

Notícias Polícia

''Pai'' é preso em Cáceres pela Polícia Civil por estupro da filha deficiente

A vitima era ameaçada pelo pai, que dizia que não a deixaria ir para a escola caso o denunciasse

Um pai suspeito de estupro de vulnerável em Cáceres, região oeste do estado, foi preso na quinta-feira (09.06), pela Polícia Civil, pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDM) do município. Os abusos foram cometidos de forma reiterada.

O suspeito de 45 anos foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável, contra sua filha, de 19 anos, que tem deficiência mental.

Na manhã de quinta-feira (09), a vítima, estudante da Escola Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE), foi encaminhada até a DEDM depois de relatar a um professor os abusos sexuais cometidos pelo próprio pai.

Durante a oitiva, assistida e acompanhada de uma psicóloga, a vítima narrou que toda vez que sua madrasta saía de casa, o pai praticava relações sexuais com ela e a ameaçava de bater e que não deixaria a filha ir para a escola caso o denunciasse.

A jovem também acrescentou que o pai praticava os abusos sexuais desde que ela era menor de idade, quando ela era levada à força para o quarto onde o pai a estupra.

Conforme a delegada Paula Gomes Araújo, diante dos fatos gravíssimos apresentados, a  vítima foi encaminhada para realizar o exame de corpo delito, que constatou a violência sexual.

Em diligências, policiais civis localizaram o suspeito que foi conduzido até a delegacia, interrogado e autuado em flagrante delito, sendo encaminhado para audiência de custódia da Justiça.

A delegada representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva. As investigações continuam para apurar se a outra filha do suspeito, de 12 anos e com deficiência mental, também sofreu abusos.  
 
Sitevip Internet